O Governo Sarney e suas tentativas de conter a inflação após os Plano Cruzado I e II.

Atualizado: 4 de jan. de 2021

Em 1986, o Plano Cruzado foi colocado em prática no Brasil, trouxe uma nova moeda que foi o Cruzado (CZ$), e, após alguns meses de medidas heterodoxas na economia, o plano afundou e a inflação disparou. Com troca de ministros (Dilson Funaro, Luiz Carlos Bresser-Pereira e Maílson da Nóbrega respectivamente) surgiram outras tentativas do governo de Sarney de recuperar a economia.


O Plano Bresser foi um plano de estabilização econômica elaborado pelo ministro da fazenda Luiz Carlos Bresser-Pereira, que entrou em vigor em 12 de junho de 1987. O principal objetivo na época era conter o avanço da inflação herdada de planos econômicos anteriores.


Esse plano foi desenvolvido no governo de José Sarney (1985-1990) como a terceira tentativa combater o processo inflacionário. Anteriormente, ainda no governo Sarney, foram criados o Plano Cruzado I e II, sendo que ambos falharam em seus objetivos.

Com o congelamento de preços e a fiscalização do governo e até dos chamados "fiscais do Sarney", cenas como a da imagem tornaram-se frequentes naquele período.


Sendo assim, quando o Plano Bresser foi implementado o país já se encontrava em processo de desaceleração econômica. Inclusive, poucos meses antes da criação desse plano, o governo havia declarado moratória dos juros da dívida externa.


Inicialmente, esse plano econômico foi um sucesso visto que conseguiu efetivamente reduzir a inflação. Isso porque enquanto a inflação mensal era 26,1% em junho de 1987 (mês que o plano começou) em julho, reduziu para 3,1%. Porém, logo depois, em agosto de 1987 a inflação voltou a subir e alcançou 6,4%.


Além disso, o congelamento de preços não foi respeitado nem pelo próprio governo. Logo, o temor de um novo congelamento provocou uma remarcação generalizada de preços e a inflação voltou a subir.


O plano durou 6 meses e assim como os anteriores não atingiu os resultados pretendidos. Dessa forma, Bresser-Pereira deixa o cargo em dezembro de 1987 com uma inflação anual beirando os 360%


O Plano Verão foi a terceira tentativa de combate à inflação empreendida pelo governo José Sarney (1985-1990). As duas primeiras, os planos Cruzado (1986) e Bresser (1987), fracassaram por atacar exclusivamente os mecanismos de propagação da inflação, sem obter apoio político para enfrentar o problema do déficit público.


Ao final de 1987, após dois planos fracassados pelo descontrole fiscal e diante do espectro do seu agravamento, o governo Sarney não conseguia sequer atrair nomes de vulto para ocupar as principais pastas ministeriais. Os tradicionalmente cobiçados ministérios do Planejamento e Fazenda foram entregues a João Batista de Abreu e Maílson da Nóbrega, conceituados funcionários de carreira. Ao tomar posse em 18 de dezembro de 1987, Maílson anunciou uma estratégia que pode ser resumida em uma palavra: prudência.

A meta não era mais reduzir a inflação, que atingira 14% naquele mês, mas impedir que ela continuasse a subir, contendo-a abaixo de 20%. Ao invés de choques heterodoxos, planejava-se uma redução gradual do déficit público, com recomposição das tarifas públicas; manter a taxa de câmbio em nível realista, em vez de congelá-la. Em 3 de janeiro foi declarado o fim da moratória dos juros da dívida externa. Por rejeitar inovações e surpresas, a nova política econômica ficou conhecida como a “política do feijão-com-arroz”.


O período de sucesso do plano foi ainda mais breve que o do Plano Bresser. As elevadíssimas taxas de juros reais em fevereiro e março não foram capazes de impedir um aumento do consumo, indicando comportamento preventivo decorrente de falta de credibilidade da política econômica.


Referências Bibliográficas:


REIS, Tiago. Plano Bresser: entenda mais sobre o que foi esse plano econômico. Suno Artigos. Disponível em: https://www.sunoresearch.com.br/artigos/plano-bresser/. Acesso em: 21 Out. 2020.


CARDOSO, Renato Fragelli. Plano Verão. FGV CPDOC. Disponível em: http://www.fgv.br/cpdoc/acervo/dicionarios/verbete-tematico/plano-verao. Acesso em: 23 Out. 2020.


Quer saber mais sobre o Brasil de 1985 até o Plano Real? Então não perca o episódio número 23 do Podcast História e Sociedade sobre esse tema. Clique aqui para escutar ou dê play no tocador abaixo!

Para saber mais sobre histórias como esta, não deixe de seguir o Podcast História e Sociedade, através de sua plataforma de podcast preferida ou pelo nosso site www.historiaesociedade.com, na seção Ouvir os Episódios. Siga-nos também no Instagram e no Twitter.


36 visualizações0 comentário